Logo Instituto Lado a Lado

Campanhas criadas pelo Instituto Lado a Lado pela Vida:

Logo Ser Homem
Logo Novembro Azul CAMPANHA DO INSTITUTO
LADO A LADO PELA VIDA

Parceiro Institucional
  • Parceiro Institucional
  • Parceiro Institucional
  • Parceiro Institucional
imprensa contato

Arritmia Cardíaca - Tratamento

Destaque - Legenda tratamentos

Há diversos tipos de tratamento para a arritmia cardíaca, e a escolha depende do tipo de arritmia, frequência e gravidade da doença.

Ablação por cateter: é realizada uma cauterização por meio de radiofrequência no tecido cardíaco responsável pela arritmia. É feito com cateteres introduzidos no coração.

Cardioversão elétrica: é um tipo de choque elétrico dado no tórax para restaurar o ritmo normal do coração. Essa técnica é utilizada quando as medicações falham ou quando a pessoa apresenta sintomas intensos.

Cirurgia cardíaca: intervenções cirúrgicas podem corrigir arritmias para tratar outras doenças no coração.

Desfibrilação: além de diagnosticar arritmias cardíacas, o desfibrilador automático externo pode parar a arritmia. Isso acontece quando, por meio de uma desfibrilação, que é uma aplicação de corrente elétrica, as batidas do coração retomam o ciclo cardíaco normal.

Implante de marcapasso: o objetivo é que o marcapasso regule os batimentos do coração, e isso acontece pelo estímulo elétrico do aparelho. Existem dois tipos de cirurgias para o implante do marcapasso. A mais comum é a endocárdia, que introduz os eletrodos do marcapasso por meio das veias que chegam ao coração. A outra, mais comum em crianças, chama-se epicárdica. Neste caso, os eletrodos são implantados no músculo cardíaco.

Medicações: há várias drogas que podem ser utilizadas no tratamento das arritmias. Algumas são usadas para converter a arritmia em um ritmo normal, outras controlam a frequência cardíaca e alguns podem ser usados para diminuir a formação de coágulos no coração.

Medicação intravenosa: é uma opção de tratamento com medicamentos que evitam a arritmia e impedem as alterações nos batimentos do coração. Alguns medicamentos podem apresentar efeitos colaterais. O paciente geralmente precisa ingeri-los diariamente pelo período em que viver.

Doenças associadas

A arritmia, quando não tratada, pode causar outras doenças, como angina, ataque cardíaco, insuficiência cardíaca e derrame. Saiba mais:

arritmia-tratamento
• • •

Há diversos tipos de tratamento para a arritmia cardíaca, e a escolha depende do tipo de arritmia, frequência e gravidade da doença

 

Dicionário do Coração

 
ver todas