Logo Instituto Lado a Lado

Campanhas criadas pelo Instituto Lado a Lado pela Vida:

Logo Ser Homem
Logo Novembro Azul CAMPANHA DO INSTITUTO
LADO A LADO PELA VIDA

Parceiro Institucional
  • Parceiro Institucional
  • Parceiro Institucional
  • Parceiro Institucional
imprensa contato

Melanoma - Fatores de risco

Destaque - Legenda estatisticas

Conheça os principais fatores de risco para o melanoma e fique atento! Qualquer alteração na pele, procure um dermatologista!

- Exposição ao sol: a radiação ultravioleta do sol pode causar queimaduras por penetrar na pele mais profundamente. Pessoas que moram em regiões de muito sol ou em grandes altitudes têm maior risco de desenvolver esse tipo de câncer. Quem faz bronzeamento artificial também corre maior risco.

- Histórico familiar: cerca de 10% das pessoas com melanoma têm um histórico familiar da doença.

- Imunossupressão: pessoas que passaram por transplantes e tomam remédios para o sistema imunológico têm risco aumentado de desenvolver melanoma.

- Pele seca: há pessoas que possuem defeito em uma enzima que normalmente repara danos ao DNA, chamada DNA polimerase, que gera um ressecamento natural da pele. Esta é uma condição rara e hereditária que pode aumentar os riscos do desenvolvimento do melanoma.

- Pele clara, sardas e cabelos claros: o risco de melanoma é 10 vezes maior para pessoas de pele branca do que para os negros.

- Pintas ou pintas displásicas: uma pinta ou marca de nascença pode se tornar um tumor benigno. As pintas atípicas se parecem com manchas normais, mas são maiores e têm forma ou cor anormal. O risco de desenvolvimento de melanoma nas pintas congênitas é entre 0 e 10%, dependendo do tamanho da pinta.

- Reincidência: quem teve a doença têm a chance de 5% de desenvolver novos melanomas.

• • •

Conheça os principais fatores de risco para o melanoma e fique atento! Qualquer alteração na pele, procure um dermatologista!

 
ver todas