Atendimento mais humanizado nos hospitais colabora no tratamento do paciente e apoio à família
Logo Instituto Lado a Lado

Campanhas criadas pelo Instituto Lado a Lado pela Vida:

Logo Ser Homem
Logo Novembro Azul CAMPANHA DO INSTITUTO
LADO A LADO PELA VIDA

Parceiro Institucional
  • Parceiro Institucional
  • Parceiro Institucional
  • Parceiro Institucional
imprensa contato

Atendimento mais humanizado nos hospitais colabora no tratamento do paciente e apoio à família

Setor de humanização recebe mais atenção, pois reduz depressão e ansiedade

Destaque - Maior parte dos voluntários se divide entre esse trabalho e uma função remunerada

Por Lisiane Flor - Publicado em 02 de outubro de 2015

O tratamento do paciente oncológico envolve mais do que medicamentos e exames. A humanização no atendimento e a extensão dessa assistência à família são etapas fundamentais para o processo de recuperação do paciente. O II Congresso Todos Juntos Contra o Câncer trouxe temas como tratamento, judicialização da saúde, acesso à saúde e o futuro da oncologia. Mas também saiu do âmbito científico e abordou questões de humanização com o voluntariado e os cuidados paliativos.

O acolhimento ao paciente oncológico tem sido feito por muitas vezes com a colaboração das equipes de voluntariado nos hospitais e instituições de saúde. Os brasileiros veem o trabalho de voluntário como sinônimo de bem-estar, tanto para quem recebe, quanto para quem o pratica.  

De acordo com a pesquisa do IBOPE de 2011, 77% dos voluntários estão satisfeitos e 87% estão motivados a continuar prestando esse serviço, mesmo que mais da metade dessas pessoas exerçam atividades remuneradas.

O voluntariado é coisa séria e requer compromisso e dedicação. “O brasileiro traz para si as responsabilidades de mudanças, e as pessoas acreditam que as melhorias são resultado do esforço da sua participação”, explica Silvia Naccache, coordenadora do Centro de Voluntariado de São Paulo, sobre a adesão ao trabalho.

Outra via para a construção de um atendimento mais humanizado são os cuidados paliativos. Ao contrário dos serviços prestados pelo voluntário, que pode ser de qualquer tipo e para qualquer paciente, os cuidados paliativos são voltados para quem está em situação de risco de continuidade de vida.

A equipe voltada para os cuidados paliativos é multidisciplinar, pois abrange a parte clínica, psicológica e social. Ela trabalha em cima de uma tríade, paciente, família e equipe de saúde que está cuidado do paciente. Todos recebem suporte psicológico minimizando os conflitos com transtornos como ansiedade e depressão, já que esses fatores podem causar uma piora no tratamento. 

• • •

Setor de humanização recebe mais atenção, pois reduz depressão e ansiedade



Warning: include(../../../../include/banner_lateral.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/storage/3/6a/0e/novembroazul/public_html/noticia_interna.php on line 248

Warning: include(../../../../include/banner_lateral.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/storage/3/6a/0e/novembroazul/public_html/noticia_interna.php on line 248

Warning: include() [function.include]: Failed opening '../../../../include/banner_lateral.php' for inclusion (include_path='.:/usr/share/pear') in /home/storage/3/6a/0e/novembroazul/public_html/noticia_interna.php on line 248