Consumir carne vermelha em excesso pode aumentar os riscos de câncer de bexiga
Logo Instituto Lado a Lado

Campanhas criadas pelo Instituto Lado a Lado pela Vida:

Logo Ser Homem
Logo Novembro Azul CAMPANHA DO INSTITUTO
LADO A LADO PELA VIDA

Parceiro Institucional
  • Parceiro Institucional
  • Parceiro Institucional
  • Parceiro Institucional
imprensa contato

Consumir carne vermelha em excesso pode aumentar os riscos de câncer de bexiga

Estudo confirmou uma relação entre o hábito alimentar com a doença

Destaque - Estudo confirmou uma associação indireta real entre os frios de carne vermelha e o câncer de bexiga

Por Redação - Publicado em 13 de julho de 2015

Um estudo divulgado nos Estados Unidos pela revista Cancer confirmou uma associação indireta real entre os frios de carne vermelha e o câncer de bexiga. Isso ocorre porque no processamento dos frios, são adicionados nitratos e nitritos à carne para preservá-la e realçar sua cor e sabor.

Na pesquisa, os cientistas avaliaram o consumo de nitratos, nitritos e outros componentes encontrados na carne vermelha em 30.000 homens e mulheres de 50 a 71 anos, em oito estados norte-americanos, e sua relação com o câncer. Os participantes do estudo foram acompanhados por até oito anos. Durante este tempo período, 854 foram diagnosticados com câncer de bexiga.

Os cientistas descobriram que as pessoas cujas dietas eram ricas em nitritos de qualquer tipo, não só na carne, e pessoas que consumiam muitos nitratos de carne processada, como os frios, tinham entre 28% e 29% mais chances de desenvolver câncer de bexiga do que aqueles que consumiram estes componentes em menores quantidades.

• • •

Estudo confirmou uma relação entre o hábito alimentar com a doença