Novembro Azul | Ser Homem - Novembro Azul
Logo Instituto Lado a Lado

Campanhas criadas pelo Instituto Lado a Lado pela Vida:

Logo Ser Homem
Logo Novembro Azul CAMPANHA DO INSTITUTO
LADO A LADO PELA VIDA

Parceiro Institucional
  • Parceiro Institucional
  • Parceiro Institucional
  • Parceiro Institucional
imprensa

Linha do Tempo - 2014

O Cristo ficou iluminado de azul após uma cerimônia emocionante para reforçar a importância da prevenção

Mais de 75 milhões de pessoas na luta contra o preconceito e a favor da vida

Em 2014, a campanha aumentou 1000% com relação aos resultados de 2013, com a realização de ações em estádios de futebol, empresas, corridas, caminhadas e a iluminação dos principais pontos turísticos do Brasil

A campanha Novembro Azul 2014 superou todas as expectativas: em número de participantes, de palestras, de iluminações e de pessoas impactadas. Idealizado pelo Instituto Lado a Lado pela Vida, o movimento tem o objetivo de promover uma mudança de paradigmas em relação à ida do homem ao médico para a realização de exames preventivos.

Em 2014, foram realizadas mais de 2.400 ações em todo o País, com a iluminação de diversos pontos turísticos pelo Brasil, além da adesão de personalidades públicas e ações em locais de grande circulação, como estádios e campos de futebol, corridas de rua e autódromos.

Houve também palestras informativas para leigos, intervenções em eventos populares e pedágios nas estradas, além de uma sessão solene no Senado Federal. Até na Times Square, em Nova Iorque, a campanha chegou. Confira os destaques!

Os números da campanha

Principais monumentos iluminados de azul

  • Cristo Redentor - RJ
  • Congresso Nacional - Brasília - DF
  • Biblioteca Mário de Andrade (SP)
  • Borba Gato (SP)
  • Câmara Municipal do Rio de Janeiro (RJ)
  • Elevador Lacerda (BA)
  • Estátua do Padre Cícero (CE)
  • Monumento às Bandeiras (SP)
  • Ponte Estaiada (SP)
  • Ponte Hercílio Luz (SC)
  • Praça da Sé (SP)
  • Prefeitura de Lins (SP)
  • Teatro Amazonas (AM)
  • Viaduto do Chá (SP)

BIGODAY

O bigode foi o símbolo oficial da campanha em 2014. A ideia faz uma referência ao Movember, união das palavras “moustache” e “november”, movimento que começou com um grupo de amigos na cidade de Melbourne, na Austrália, em 2004.

Na ocasião, eles deixaram o bigode crescer para alertar sobre os riscos do câncer de próstata e a depressão masculina. A partir daí, "vestir" os bigodes virou sinônimo de apoio à campanha Novembro Azul.

Ações Especiais

De forma bastante criativa, diversas empresas encontraram soluções para chamar atenção para os cuidados com a saúde do homem. A marca de camisas Dudalina, por exemplo, entrou na tendência azul e lançou uma linha especial com oito modelos para os homens.

novembroazul2014

Palestras em empresas e hospitais

Ao todo mais de 800 empresas e hospitais receberam os kits do Novembro Azul, com camisetas, bottons, bolinhas antiestresse, folhetos e cartazes para alertar sobre a prevenção. Em vários locais, os médicos que integram o board científico da campanha compareceram para dar palestras e esclarecer dúvidas sobre a doença.

Nas estradas

Em 2014, o Instituto Lado a Lado ampliou ainda mais a sua ação nas estradas por meio de importantes parcerias com a CCR Via Oeste e a CCR Nova Dutra. A concessionárias instalaram painéis pelas estradas e promoveram ações educativas com distribuição de folhetos e mutirões de saúde.

Várzea Azul

A informação chegou aos campos de futebol de várzea nas zonas Sul, Norte, Leste e Oeste de São Paulo. Os campeonatos aconteceram todos os fins de semana de novembro. Ao final das partidas, os jogadores puderam conferir as palestras apresentadas pelos médicos do board científico da campanha do Instituto Lado a Lado.

Celebridades

Diversas personalidades vestiram a camiseta #dribleopreconceito: Milton Neves, Bruno Gissoni, Gustavo Borges, Kadu Moliterno, Tiago Abravanel, entre outros como Emerson Fittipaldi que demonstraram seu apoio à causa. O ídolo e craque Zico abriu as portas do seu Centro de Treinamento para a abertura oficial da campanha com um jogo entre celebridades e ex-jogadores.

Nos estádios

Diversos estádios demonstraram apoio ao movimento. Arena Fonte Nova (BA), Maracanã (RJ), Morumbi (SP) e Arena Corinthians (SP), exibiram faixas, soltaram balões azuis e distribuíram folhetos nos intervalos de grandes clássicos durante o Campeonato Brasileiro.

Lugares abertos e de grande circulação

Por todo o País, prefeituras, órgãos públicos, sindicatos e centros educacionais e universitários promoveram a campanha de diferentes maneiras, como "Pit Stop" nas ruas, palestras para pais e ações educativas.

No dia 17 de novembro, uma mega a ação foi realizada Ceagesp, em parceria com o Sindbast para alertar mais de dois mil trabalhadores que circulam pelo local sobre a importância da prevenção.

Corrida Athenas

Mais de 8 mil corredores estiveram presentes na corrida do Circuito Athenas do dia 2/11, em São Paulo. O estande do Novembro Azul foi um ponto alto do evento, interativo e cheio de atrações para conscientizar os participantes sobre a importância dos cuidados com a saúde masculina. Além disso, O Novembro Azul realizou caminhadas nas cidades de Santos e Campinas e participou da Maratona de Cabo Branco, em João Pessoa (PB).

Stock Car

Pilotos e mecânicos disseminaram a informação sobre a prevenção do câncer de próstata nas etapas de São Paulo, Rio Grande do Sul e Salvador. Carros foram personalizados e folhetos distribuídos. "Aderir à campanha ‘Novembro Azul’ é um gesto de solidariedade para quem sofreu ou sofre da doença", disse o piloto Rubens Barrichello, apoiador da causa.

Congresso Nacional

O reconhecimento da esfera política nacional também é um dos marcos do Novembro Azul em 2014. No dia 3 de novembro, uma sessão solene no Congresso Nacional homenageou os 26 anos do Dia Nacional de Combate ao Câncer e da Saúde do Homem. A presidente do Instituto Lado a Lado, Marlene Oliveira fez um pronunciamento sobre a importância do Novembro Azul. Após isso, todo o Congresso foi iluminado de azul em uma emocionante cerimônia.

Imprensa

O Novembro Azul foi pauta na imprensa de norte a sul do País. Emissoras de rádio e TV, blogs, revistas e jornais, de grandes e pequenas audiências e tiragens, noticiaram as ações e o objetivo da campanha. Matérias sobre a campanha também foram destaques em programas como Fantástico, Programa do Jô e CQC.

• • •

A campanha em 2014 somou mais de 2.400 ações que aconteceram em todo o País. O Novembro Azul também ganhou destaque internacional.

 

ABC da Próstata